Valeu Ceará, parabéns Lisca

Em 2015, o Ceará estava no fundo poço, quase 90% de chance de rebaixamento e o alvinegro de Porangabussu trouxe um treinador pouco conhecido em trabalhos profissionais, Luiz Carlos Cirne Lima de Lorenzi, com bons trabalhos nas categorias de base do Internacional (RS), São Paulo (SP), Grêmio e Fluminense (RJ). Conhecido como Lisca Doido ele veio e revolucionou a equipe que venceu quase todos os jogos e fugiu da Série C.

Três anos depois, o time cearense estava com apenas três pontos em 12 jogos e dois treinadores, Marcelo Chamusca e Jorginho não foram bem sucedidos e todos acreditavam que a queda da Série A para Série B já era garantida. Mas Lisca veio e foi mais do que um entregador de camisa, foi um motivador, com um elenco limitado saiu da lanterna e foi a 43 pontos e salvou o Vovô de mais uma queda. Agora só falta construir um busto. Sócio vitalício do Ceará ele já virou, junto com seus familiares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *