Prefeitura de Fortaleza promove Seminário Distritos e Cidades Criativas

A Prefeitura de Fortaleza promoverá, nos dias 07 e 08 de junho, por meio do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE) e Secretaria do Turismo (Setfor), e em parceria com Sebrae-Ce, FIEC, e Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, o Seminário Distritos e Cidades Criativas. A iniciativa, coordenada pelo Observatório de Fortaleza, visa à articulação e à implantação de políticas inovadoras, inteligentes e empreendedoras no âmbito da economia criativa e do desenvolvimento econômico da Capital.
Na pauta dos debates, o estímulo à troca de experiências exitosas no campo da economia criativa, reunindo instituições municipais e estaduais, entidades privadas, sociedade civil e parceiros dos setores da economia criativa. Na oportunidade, também serão debatidas dinâmicas de bens e serviços que valorizem a identidade cultural, a ciência e a tecnologia.
“Fortaleza tem uma imensa vocação para os setores que movimentam a economia criativa, que valorizam o simbólico, a marca autoral e as produções coletivas que dialogam com a cultura digital. Nós estamos nos preparando para concorrer à Cidade Criativa da Unesco com a vocação do design, onde nós encontramos profissionais e diálogos intersetoriais com o artesanato, com a moda autoral, com o audiovisual, com a gastronomia e com o design nas suas mais diversas representações”, afirmou Cláudia Leitão, diretora do Observatório de Fortaleza.
Ao final da programação prevista para os dois dias de evento, que ocorre no auditório do Sebra-Ce, o prefeito Roberto Cláudio terá participação, quando receberá o Plano de Implantação do I Distrito de Economia Criativa de Fortaleza, cujo objetivo é instalar, gradativamente, um perímetro composto pela Praia de Iracema, Centro da Cidade e por um trecho do Bairro Jacarecanga, onde sejam ofertados produtos e serviços que fortaleçam os setores responsáveis por essas atividades e estimulem a economia da cidade.
“Esse plano está sendo construído a várias mãos. Envolve todas as premissas do Fortaleza 2040, rotas estratégicas da FIEC e dialoga com atores que compõem os setores criativos. Nós temos um perímetro que será cumprido até 2020. Uma outra parte será implantada até 2022. Outra, até 2040. Nós teremos ações que vão desde a indústria da confecção até a moda autoral com alto valor agregado, o artesanato, a gastronomia, o audiovisual, os games. Traremos os setores para dentro do perímetro, contemplando o hub turístico e favorecendo os turistas por meio do vitrinamento do que a gente produz em todo o Estado”, esclareceu Cláudia Leitão.
Confira a programação completa:
1º dia – 07/06 (quinta-feira)
8h – Inscrições/Coffee Break
9h – Abertura Oficial:
Prefeito Roberto Cláudio; Eudoro Santana, superintendente do Iplanfor; Beto Studart, presidente da FIEC; Joaquim Cartaxo, diretor-superintendente do Sebrae-Ce; Fabiano Piúba, secretário da Cultura do Ceará; Robinson de Castro, secretário do Desenvolvimento Econômico de Fortaleza.
9h30 – “Indústrias Criativas e o Desenvolvimento das Cidades: o caso Londres” – Paul Heritage (ativista social e cultural, diretor de teatro, dramaturmo e professor da Queen Mary University of London)
10h30 – Debate:
Cláudia Leitão, diretora do Observatório de Fortaleza; Davi Gomes, presidente do Instituto Cultural Iracema
12h30 – Almoço.
14h-17h – Cases de Territórios Criativos Brasileiros:
André Lira (Sertão Criativo – Recife) e Marielza Targino (Sebrae – João Pessoa)
2º dia – 08/06 (sexta-feira)
9h-12h – Mesas Setores Criativos – Salas Simultâneas Audiovisual / Gastronomia / Moda / Design / Artesanato
12h30 – Almoço
14h-17h – Oficina de Construção do Plano de Ação Territorial do Distrito Criativo de Fortaleza – Salas Simultâneas
Oficina 1 – Articulação e Produção de Conhecimento Sobre Economia Criativas
Oficina 2 – Mercado e Fomento para Economia Criativa
Oficina 3 – Educação para as competências
Oficina 4 – Políticas Públicas para a Economia Criativa e Desenvolvimento Territorial
Oficina 5 – Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação dos Empreendimentos Criativos
18h – Economia Criativa e o Desenvolvimento Local: as experiências do Polo Criativo de Audiovisual da Zona da Mata – César Piva (Cataguases)
19h – Entrega do Plano de Ação Territorial do Distrito Criativo de Fortaleza ao prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *