Copa do Mundo 2018 Grupo H (Colômbia, Japão, Polônia, Senegal)

O grupo H tem inicio no dia 19/06/2018, às 09h (horário de Brasília), o jogo entre Colômbia X Japão, no estádio Saransk, logo depois ao meio dia no Spartak, Polônia x Senegal.  

 

Colômbia: nas eliminatórias sulamericanas, a seleção colombiana terminou em quarto lugar, sem necessidade de repescagem, passando direto a fase de grupos do Mundial de 2018. Com 27 pontos, sete vitórias, seis empates e cinco derrotas ficou com 50% de aproveitamento. Entre as principais vitórias estão 3 x 1 contra o Equador, na 6° rodada e  1 x 0 diante do Paraguai na 9° rodada, a classificação veio na última rodada com o empate em 1 x 1 com o Peru. A seleção de Jose Pekerman foi escalada com Ospina, Santiago Arias, Davinson Sánchez, Óscar Murillo, Fabra, Carlos Sánchez, Aguilar, James Rodriguez (gol) (Yimmi Chará), Cuadrado, Duván Zapata (Wilmar Barrios), Falcão Garcia (Giovanni Moreno).  

 

Japão: a seleção japonesa entrou na segunda fase das eliminatórias asiáticas no Grupo E e terminou em primeiro lugar com 22 pontos, sete vitórias e um empate. Entre os principais êxitos estão, 6 x 0 Afeganistão, 5 x 0 Síria. Na terceira fase, liderou o Grupo 2 com 20 pontos, seis vitórias, dois empates duas derrotas. Ganhou da Arábia Saudita 2 x 1, venceu o Emirados Árabes 2 x 0, derrotou a Austrália por 2 x 0 onde obteve a classificação antecipada a Copa do Mundo.  O técnico V.Halihodzic colocou em campo, E. Kawashima, H. Sakai, M.Yoshida, G. Shõji, Y. Nagatomo, H. Yamaguchi, M. Hasebe, Y.Ideguchi, (T. Asano (gol)), (Y. Õsako), T. Inui. 

Polônia: a seleção polonesa conseguiu sua classificação ainda na fase de grupos, ao liderar o grupo E das eliminatórias européias com 25 pontos, oito vitórias, um empate e uma derrota. Dentre essas vitórias destaca-se, o 2 x 2 sobre a Dinamarca, o 4 x 1 sobre Cazaquistão, 3 x 1 diante da Romênia, 6 x 1 na Armênia, mas foi na vitória de 4 x 2 sobre o Montenegro que conseguiu a classificação. O técnico Adam Nawalka levou a campo Szczesny, Piszczek (Rybus), Glik, Pazdan, Bereszynski, Maczynski (gol) Wolski), Krychowiak, Blaszczykowski, Zieliski, Grosicki (gol) (Makuszewski), Lewandowski (gol). 

 

Senegal: para chegar à Rússia, o Senegal, liderou o grupo D das eliminatórias da África. Com 14 pontos, quatro vitórias e dois empates. Venceu o Cabo Verde por 2 x 0. A África do Sul pelo mesmo placar e repetiu a vitória sobre a África do Sul desta vez por 2 x 1 e garantiu a vaga. Na última convocação para amistosos em março, o técnico Aliou Cissé chamou 30 jogadores que podem ser a base de quem vai a Copa do Mundo 2018.  Tem jogadores como Sadio Mané (Liverpool), Koulibaly (Napoli), Keita Balde (Mônaco), além de Abdoulaye Diallo, Fallou Diagne, Assane Diousse, Mbaye Niang, entre outros. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial