Copa do Mundo 2018 Grupo G (Bélgica, Inglaterra, Panamá, Tunisia)

Bélgica: Para chegar a mais um Mundial, a seleção belga foi o primeiro lugar, no Grupo H das eliminatórias com 28 pontos, nove vitórias e um empate. Foram só goleadas, entre elas, 4 x 0 na Bósnia, 6 x 0 no Gibraltar, 8 x 1 na Estônia, 9 x 0 de novo no Gibaltrar. Mas o jogo que deu a classificação a Bélgica foi em Piraeus, contra a Grécia, venceu por 2 x 1 e abriu 8 pontos de vantagem ao segundo colocado faltando duas rodadas. Um gol da Bélgica veio do zagueiro Verthagen, aos 25m do segundo tempo, com o passe de Dembélé. A Grécia empatou com Georgios Tzavellos que cruzou e Zeca finalizou, o gol que deu a vaga aos diabos vermelhos foi de Lukaku, depois do cruzamento de Thomas Meuner. Na última convocação do dia 16/06/2018, o técnico espanhol Roberto Martinez chamou: Voen Casteels, Thibaut Courteis, Simon Mignolet, Matz Sels, Toby Alderweireld, Dedryck Boyota, Louren Ciman, Leander Dendoncker, Vicent Kompany, Jordan Lukaku, Thomas Meunir, Thomas Vernaelen, Jan Kertonghen, Yannick Carrasco, Kevin de Bruyne, Mouse Dembélé, Marouane Fellaine, Anthony Limbambe, Radja Nainggolan, Youri Tielemans, Axel Witsel,Bostshuays, Eden Hazard, Thorzan Hazard, Romelu Lukaku, Dries Merten, Kevin Mirallos e Divock. Na copa a Bélgica ficará hospedada em um campo de golfe no Moscow Coutry Club. 

 

Inglaterra: Campeã do Mundo em 1966, num gol polêmico contra a Alemanha, a seleção inglesa, sempre jogou um futebol clássico, mas nunca mais foi a mesma, as suas participações foram apenas razoáveis. Para chegar ao Mundial da Rússia 2018, a Inglaterra conquistou o primeiro lugar do Grupo F das eliminatórias européias com 26 pontos, 8 vitórias e dois empates, saindo de forma invicta. As principais vitórias foram 3 x 0 na Escócia, 4 x 0 no Malta. A classificação dos ingleses veio na penúltima rodada, no jogo contra a Eslovênia, no estádio de Wembley no dia 05/10/2017, com gol de Kane. No site goal.com temos, uma matéria do Thiago Lenco que fala como seria a Inglaterra para a Copa do Mundo, ele cita a mudança quando saiu Sam Allandyck e assumiu Gareth Southgate, o repórter fala das 38 rodadas invictas que a Inglaterra está, contandoentre jogos das Copas e Euros, mas com adversários fracos. Que o técnico atual barrou a estrela e até então capitã da equipe Wayne Rooney. No esquema de três zagueiros , a zaga será formada por Phil Jones, Join Stones e Gary Cahill. Teria ainda Chris Smailling, Michael Keane de olho na vaga, além de Harry Maguire, o gol te, Joer Hart, além de Jack Butland e Fraser Forster. No meio , considerada a fragilidade da equipe temos: Jordan Handerson e Erick Dier, Dele Ali. No ataque Harry Cane, também Daniel Sturridge, Marcus Rashford. 

 

Panamá: Na quarta fase do Grupo B da Concacaf, os panamenhos terminaram em segundo lugar, com três vitórias um empate e duas derrotas, com 10 pontos. Nessa fase o Panamá venceu a Jamaica por 2 x 0 e o Haiti por 1 x 0 na fase seguinte chamada de Hexagonal final terminou em terceiro lugar com 13 pontos, três vitórias, quatro empates e três derrotas, garantindo a vaga com sufoco, pois tinha o mesmo número de pontos de Honduras e somente um ponto da frente dos EUA que ficou fora da Copa. As vitórias foram sobre Honduras 1 x 0, 3 x 0 no Trinidad e Tobago, 2 x 1 Costa Rica, que lhe valeu a vaga ao Mundial da Rússia, no dia 10/10/2017, no estádio Rommel Fernández. No dia 06 de março deste ano, o técnico Hernah Dario Gómez convocou 24 jogadores para dois amistosos provavelmente a base da seleção que irá a Copa: Jaime Penedo, José Calderón, Alex Rodriguez, Adolfo Machado, Michael Amir Murillo, Fidel Escobar, Román Torres, Felipe Boloy, Erick Davis, Luis Ovalle, Valentin Pimentel, Aníbal Godoy, Gabriel Gómez, Ricardo Ávila,Édgar Bárcenas, Alberto Quintero, Armando Cooper, Miguel Camargo, Abdiel Arroyo, Blos Pérez, Luis Tejada, Gabriel Torres e Roberto Nurse. 

 

Tunísia: A sua escalada até a Copa começou na segunda fase das eliminatórias da África, num mata-mata, quando venceu ainda em 2015, o Mau duas vezes por 2 x 1. Na fase de grupos, a seleção da Tunísia liderou o Grupo A com 14 pontos, quatro vitórias e dois empates. A primeira vitória se deu ainda na primeira rodada ao vencer o Guiné por 4 x 0, depois ganhou de 2 x 1 da República Democrática do Congo e fechou as vitórias repetindo uma goleada contra o Guiné, desta vez por 4 x 1, mas o jogo da classificação foi contra a Líbia quando empatou em 0 x 0. No amistoso do dia 27 de março deste ano a Tunísia venceu a Costa Rica por 1 x 0, o técnico Nabil Maaloul colocou em campo Hassen, Bronn, S.Benyoussef, Meriah, Maâloul, Skhiri, Khsoui, Sassi, Badri, Sliti, Khazri. No banco ainda tinha: Bem Cherifia, Bem Mustapha, Balbouli, Nagguez, Benalouare, Chemman, Haddadi. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial