XII Festival da Lagosta promete encantar turistas e moradores de Icapuí com gastronomia e música

Com incontáveis atrativos naturais que o tornam um destino de desejo para muitos brasileiros e estrangeiros, o Nordeste do Brasil é famoso também pela efervescência cultural. Manifestações de encher os olhos pela originalidade de ritmos e costumes se espalham pelos nove cantos da região. Pegando carona nessa boa fama que atrai turistas de todo o mundo, cidades litorâneas como Icapuí, no litoral leste cearense, aproveitam o mês de junho, véspera das férias escolares, para receber novos visitantes e encantar moradores com festivais que unem boa música e gastronomia.

É o caso do já tradicional Festival da Lagosta de Icapuí, que chega à 12ª edição de 22 a 24 de junho, nas praias de Barreira s e Redonda. Uma arena gastronômica será montada no calçadão da praia de Barreira para, nos dois primeiros dias, a partir das 19h, apresentar uma variedade de pratos do crustáceo, símbolo da culinária cearense, com receitas criadas pelos empreendedores da região. Os pratos serão comercializados a um preço único de R$ 15.

E como gastronomia e música combinam muito bem, os apreciadores da lagosta também vão poder desfrutar de diversas apresentações musicais de artistas cearenses. Um a dessas atrações é a cantora e professora de musicalização Daniella Campelo, que marcou geração no forró à frente das bandas Mastruz com Leite e Styllus. A artista sobe ao palco a partir das 21h30, no primeiro dia do evento.

ENQUANTO ISSO, NO PALCO

Daniella apresentará o espetáculo “Nos palcos do Nordeste”, que faz um apanhado de clássicos de compositores nordestinos, como Fagner, Dominguinhos, Alceu Valença, Elba Ramalho, Ednardo, Belchior, Luiz Gonzaga e Geraldo Vandré.  No repertório, sucessos como “Mucuripe”, “Anunciação”, “Se avexe não”, “Que nem jiló” e “Frevo Mulher”.

Logo após, às 23 horas, será a vez de conferir uma mescla de romantismo, brega style  e dor de cotovelo da banda cearense Os Alfazemas. Adriano Uchôa (vocal), Victor Ribeiro (guitarrista), João Vital (baterista), Alexandre Lima (baixista) e Marcelo Almeida (tecladista) apresentam o novo show de músicas intensas e autorais: “TU!”.

Logo após, o público pode aproveitar para curtir talentos do próprio município. Na primeira noite (22), a animação ficará por conta do conjunto musical Maresia.

Na noite de sábado, 23, o guitarrista e produtor musical Mimi Rocha, retorna ao festival para apresentar um repertório recheado de clássicos das principais bandas de rock das décadas de 70, 80 e 90, somado a hits pop e reggaes atuais. A apresentação está marcada para às 23h. Acompanham Mimi Rocha o cantor Felipe Dourado e os músicos Nélio Costa (baixo), Stenio Gonçalves (teclados) e Denilson Lopes (bateria). E para fechar a noite, muito forró com a banda Pegue Xote.

O Festival da Lagosta de Icapuí se despede com a realização da tradicional regata de barcos, que acontece na praia de Redonda, às 11h, com apresentações das bandas de reggae Base, Katamar  e Reldon Roots. Para encerrar a festa, tem show do grupo de forró pé de serra Cacimba de Aluá, a partir das 15 horas, que promete fazer o público dançar agarradinho ao som de um repertório popular nordestino .

OFICINAS
Além das apresentações musicais e da exposição gastronômica, o XII Festival da Lagosta de Icapuí fará três oficinas na Praia da Redonda: uma de gastronomia, outra de produção musical e uma terceira de audiovisual.

A de gastronomia será ministrada pelo presidente da Associação de Chefes de Cozinha do Ceará (ACC-CE), Luciano Ferreira, que acontece de 22 a 24, na “Oh! Linda Pousada”. Já o Espaço Cultural Aruanã recebe no mesmo período a oficina de produção musical que terá como facilitador um dos mais aplaudidos músicos do Ceará, Mimi Rocha; e também a oficina introdutória de audiovisual ministrada pelo historiador, diretor, produtor e pesquisador Ted Rafael, que acontece de 22 a 26 de junho.

“A ideia é mostrar a esses meninos da rede pública de ensino um pouco do histórico, da teoria e da prática da realização de um documentário. O processo de criação dos planos, montagem e narrativa sobre um tema, que neste caso será a rotina dos pescadores e a dinâmica do festival”, explica o cineasta.  Ao fim do curso, os participantes vão produzir um filme curta-metragem sobre o evento, que será apresentado na próxima edição do festival.

PATROCÍNIO
O Festival da Lagosta de Icapuí é realizado pelo Grupo de Desenvolvimento do Turismo de Icapuí (GDTur). Patrocínio: Governo do Estado do Ceará, através da Casa Civil; Governo Federal; Banco do Nordeste; Sebrae; Instituto Agropolos; Secretaria da Agricultura, Pesca e Aquicultura do Ceará; Prefeitura Municipal de Icapuí.

SERVIÇO

XII Festival da Lagosta de Icapuí – De 22 a 24 de junho de 2018 nas praias de Barreira e Redonda, em Icapuí, Ceará. Dias 22 e 23 em Barreiras a partir das 19h e dia 24 em Redonda a partir das 11h. Informações: (85) 9.8773.8525

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial