Prefeitura de Fortaleza realiza evento de abertura do Salão de Abril

Evento ocorre neste sábado (27/04), às 14h30, no Minimuseu Firmeza
 
A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), realiza evento de abertura do 70º Salão de Abril, neste sábado (27/04), às 14h30, no Minimuseu Firmeza. Nesta edição, cinco espaços receberão as obras contempladas na mostra, em datas de abertura escalonadas.
 
No Minimuseu Firmeza ficarão expostas as obras “Série Objetos da Má-Lida I” (Desenho), de Nauer Spíndola; “Wà Coração – Coimbra” (Fotografia), de Wá Coletivo e Marcelo Forte; “Nomes de Abismo” (Videoarte), de Jonas Van Holanda; “Genealogia” (Videoarte), de Rogê; “Memórias de um Homem” (Instalação), de Zaquira; além da performance “Hoje não Bordarei Flores”, de Simone Barreto. Nesse espaço, a mostra ficará aberta à visitação do público até o dia 30 de junho, de quinta-feira a sábado, das 8h às 17h.
 
Confira aqui a relação dos artistas contemplados
 
Entre os locais oficiais, que receberão as 30 obras, estão o Minimuseu Firmeza, a Sem Título Arte, o Centro Cultural Casa do Barão de Camocim, o Espaço CEGÁS de Cultura e o Centro Cultural Banco do Nordeste de Fortaleza (CCBNB – Fortaleza). Além desses espaços, o Salão de Abril ainda percorrerá por diversos ateliês e galerias, que abrirão suas portas para compartilhar processos criativos junto a artistas e visitantes. O objetivo é criar um circuito de espaços de visitação durante o período da mostra e fomentar a divulgação das iniciativas no âmbito da arte em Fortaleza.
 
A programação do 70º Salão de Abril ainda conta com palestras e debates abertos ao público durante os dois meses de mostra. As ações educativas propõem interlocuções entre público e obras, sobretudo voltadas para formação de novos artistas.
 
Homenagem
O principal salão de artes da Cidade, um dos mais disputados e reconhecidos do País, comemora 70 edições em 2019, em 76 anos de existência, fazendo uma homenagem aos artistas Estrigas e Nice Firmeza. Neste ano, Estrigas comemoraria 100 anos de idade.
 
Com a missão de prestar uma homenagem ao casal Firmeza, a 70º edição do Salão de Abril tem como tema “À Sombra do Baobá”, por analogia desta frondosa árvore, plantada no coração do Minimuseu Firmeza, com o que melhor representa o legado (ramificações) deixado por estes artistas modernistas para a cidade de Fortaleza.
 
Confira abaixo a programação completa.
 
> Espaços oficiais:
Minimuseu Firmeza
Período de visitação no 70º Salão de Abril: 27/04 a 30/06
Horário de visitação: Quinta-feira a sábado, das 8h às 17h
Endereço: Via Férrea, 259, Mondubim – Fortaleza/CE
Contato: 85 99989.4009
 
Sem Título Arte
Período de visitação no 70º Salão de Abril: 02/05 a 30/06
Horário de visitação: Segunda a sexta-feira, das 14h às 19h
Endereço: R. João Carvalho, 66, Aldeota – Fortaleza/CE
Contato: 85 3037.0008
 
Centro Cultural Casa do Barão de Camocim
Período de visitação no 70º Salão de Abril: 11/05 a 30/06
Horário de visitação: Terça a sexta-feira, das 9h às 19h; sábado e domingo, das 10h às 17h.
Endereço: Rua General Sampaio, 1632, Centro – Fortaleza/CE
Contato: 85 3252.1444
 
Espaço CEGÁS de Cultura
Período de visitação no 70º Salão de Abril: 16/05 a 30/06
Horário de visitação: Segunda a sexta-feira, das 13h às 17h
Endereço: Av. Washington Soares, 6475, José de Alencar – Fortaleza/CE
Contato: 85 3266-6900
 
Centro Cultural Banco do Nordeste de Fortaleza (CCBNB – Fortaleza)
Período de visitação no 70º Salão de Abril: 25/05 a 30/06
Horário de visitação: Terça-feira a sábado, das 10h às 18h
Endereço: R. Conde d’Eu, 560, Centro – Fortaleza/CE
Contato: 85 3209.3500
 
> Ateliês Convidados
Roberto e Lúcia Galvão
Período de visitação: 6 e 13 de junho, às 16h
Endereço: Av. Dr. Joaquim Frota, 132 – Água Fria
 
Hélio e Efimia Rola
Período de visitação: 12 e 19 de junho, às 10h
Endereço: Rua Joaquim Ferreira, 911 – Lagoa Redonda
 
Acidum Project
Período de visitação: 14 e 15 de junho, das 15h às 18h
Endereço: Rua Rui Monte, 274 – Antônio Bezerra
 
Sérgio Pinheiro
Período de visitação: 21 e 28 de junho, às 15h
Endereço: Rua Paschoal de Castro Alves, 51 – Vicente Pizon
 
Sérgio Lima
Período de visitação: 26 e 28 de junho, às 16h
Endereço: Rua Nogueira Acioly, 204 – Centro
 
> Programação Formativa
O Bordado na Arte Contemporânea
Mediadora: Jacqueline Medeiros
 
A formação acontece em paralelo com a exposição “Bordas e Pespontos: o Bordado na Arte Contemporânea” e trata do lugar deste ofício na arte contemporânea, dos processos de criação, da consciência dos modos de produção, da parceria arte e artesanato e economia afetiva.
 
Programação:
11 de maio: Palestra com o artista visual Efrain Almeida (CE/RJ). Acontece na abertura da exposição “Bordas e Pespontos: o Bordado na Arte Contemporânea”
Horário: 9h
Local: Ateliê da Nice no Centro Cultural Casa do Barão de Camocim
 
16 de maio: Palestra com a designer e criadora da marca de bolsas artesanais Catarina Mina, Celina Hissa (CE). A atividade ocorre no dia da abertura da exposição.
Horário: 15h30
Local: Espaço CEGÁS de Cultura
 
06 de junho: Palestra com o jornalista e consultor de moda Jackson Araujo (CE/SP).
Horário: 18h
Local: Auditório Castelo Branco do Instituto Federal do Ceará (Av. Treze de Maio, 2081 – Benfica)
 
Inserção da Arte Cearense no Circuito Local e Nacional
Mediador: Herbert Rolim
 
Problematização do papel do colecionador, da instituição e do galerista no circuito da arte; atuação do artista e sua inserção no mercado de arte.
 
Programação:
23 de maio: Palestra com o pesquisador da Universidade Estadual do Ceará – UECE, Guilherme Marcondes (RJ/CE); com o colecionador Sérgio Carvalho (DF); e com o galerista Victor Perlingeiro (CE).
Horário: 19h
Local: Sem Título Arte
 
Ainda Museu?
Mediador: Solon Ribeiro
 
Aborda o sentido de museu nos dias de hoje, o que se entende por museu orgânico e o lugar de espaços autônomos de artistas visuais e coletivos neste âmbito.
 
Programação:
30 de maio:
– Peça Teatral “4 Passos”, como grupo Comedores de Abacaxis.
– Palestra com Janaína de Melo (MG/RJ), mestre em Artes pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com estudos sobre museus orgânicos; com Narcélio Grud (CE), artista visual, criador da escola de grafite e do Festival Concreto; e com Rachel Gadelha, produtora e gestora do Minimuseu Firmeza.
Horário: 18h
Local: Centro Cultural Banco do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *