Estudantes se reúnem com Toffoli, presidente do STF

Legenda da foto: Os estudantes Mário Magno, Jessy Dayane, Marianna Dias e Pedro Gorki; o presidente do STF, Dias Toffoli e dois advogados das entidades estudantis

Os presidentes da UBES (União Brasileira de Estudantes Secundaristas) e da UNE (União Nacional de Estudantes Secundaristas) se reuniram ontem com o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Dias Toffoli. No encontro, trataram sobre a defesa da educação e da democracia.

Pedro Gorki e Marianna Dias falaram sobre a ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) que pretende barrar o projeto Escola Sem Partido. Na opinião das entidades estudantis e de outras entidades da educação, o Escola sem Partido é um projeto que censura e impõe uma mordaça aos estudantes e professores.

Outras preocupações abordadas foram a necessidade da defesa das instituições democráticas e da liberdade de cátedra e de pensamento nas escolas e universidades.

Pedro Gorki, presidente da UBES, diz que “a reunião convergiu para o compromisso das entidades estudantis e do STF no sentido de que é preciso garantir a democracia e a liberdade de pensamento no Brasil e também na educação”.

Para a presidente da UNE, Marianna Dias, o encontro com o presidente do STF marca o início de um grande debate que as entidades pretendem fazer com a sociedade e os estudantes sobre a importância de garantir a pluralidade de pensamentos. “As escolas e universidades precisam ser um espaço de debate de ideias e, principalmente, de valorização da ciência”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *