ENTREVISTA – RÉVIA MARIA HERCULANO

A mais nova Imortal da Academia Cearense de Letras

A Senhora Révia Maria Lima Herculano concedeu, em primeira mão, entrevista relâmpago ao jornalista  e escritor  Zelito Magalhães, do Departamento de Cultura do Jornal do Comércio do Ceará. A ilustre intelectual assumirá a Cadeira nº36, deixada pelo escritor Carlos Neves d’Alge. Ainda não está definida a data da solenidade de posse da nova Imortal na Casa de Thomaz Pompeu.

CC – É com imensa satisfação que nos dirigimos à Senhora Révia Maria para uma breve entrevista sobre o seu ingresso na Academia Cearense de Letras. – Quando tomou interesse pela arte de escrever e quais foram os seus primeiros trabalhos?

Révia Herculano – Escrevo desde a adolescência e o trabalho que julgo de maior destaque é o romance “Chão Aberto”, Prêmio Osmundo Pontes de Literatura da ACL (2008).

JCC – Como encara a disposição dos amantes das Letras e das Artes, nos dias de hoje, diante da falta de incentivos públicos para o seu desenvolvimento?

Révia Herculano – Diante da falta de incentivos públicos, resta ao escritor se valer de recursos próprios.

JCC – O que levou a candidatar-se a uma Cadeira da Casa de Thomaz Pompeu?

RéviaHerculano  –  O estímulo de familiares, inúmeros amigos e o fato de ter nove livros publicados.

JCC – Quantas obras editou? Alguma em preparo, concluída ou pronta para lançar?                                  Révia Herculano -“Aurora Escassa” – Poesia (1998) – “Dedé Demais” – Infantil – 1999) –  “O Silêncio das Araras” – Romance – 2000 – “Voando com Isabelhinha” – Infantil – 2002 – “Foguete de Papel” – Infantil – 2006 – “Chão Aberto” – Romance  – 2008 – “A Galera do Bem” –  Infanto-juvenil – 2010 – “Solo Sagrado” – Romanceiro – 2013  – Por Serdes Vós Quem Sois – no prelo.

JCC – Quais são os seus objetivos e o que pretende desenvolver em favor  das Letras,  da Cultura e das Artes como representante delas?

Révia Herculano – Seguirei os objetivos do Presidente Ubiratan Aguiar, que levou a cultura além muros da Academia.

JCC – Na sua visão, qual o maior ou maiores escritores cearenses com atuação, respectivamente, no Conto, no Romance, no Ensaio e na Poesia?

RéviaHerculano  – Prefiro não citar (implica em magoar os não mencionados).

JCC – Dados biográficos (citar os que julgar da maior relevância).

RéviaHerculano  –  Prêmio Cidade de Fortaleza (2004) – Prêmio Ideal Clube de Literatura  (2005) – Prêmio Osmundo Pontes de Literatura da Academia Cearense de Letras (2008).

A Senhora Révia Herculana é casada com o médico José Rúver Lima Herculano, de cujo consórcio nasceram os seguintes filhos: Rúver Júnior (Médico), Daniele Herculano e Révia Maria Herculano (dentistas) e Marianna Herculano Clark (Fisioterapeuta). A Senhora Révia Herculano encerrou a entrevista com o orgulho de citar as seguintes palavras: “O fato de ter colocado no mundo quatro pessoas de bem, para mim é de grande relevância”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *