Educação à distância: estudantes trocam cursinho pré-vestibular por aulas pela internet

Cada vez mais jovens buscam formas alternativas para a revisão das principais disciplinas antes de participarem de provas importantes, como o vestibular e o Enem; Professor Ferretto, maior influenciador de matemática do Brasil, explica o que motiva os alunos a migrarem do cursinho presencial para o estudo online

Créditos: Envato Elements

De olho nos custos mais baixos e na flexibilidade de horário, um número cada vez maior de jovens optam por se preparar para os vestibulares de forma online. Como exemplo dessa tendência no país, uma pesquisa realizada pelo Censo da Educação Superior, divulgada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), revelou que as matrículas de Ensino à Distância aumentaram 17,6% em 2017, e o número de estudantes da modalidade atingiu 1,8 milhão no mesmo período.

E, com esse crescimento acelerado, a procura por revisões pela internet para grandes provas de vestibulares também segue o mesmo ritmo. A prova disso é o caso de Daniel Ferretto, mais conhecido como Professor Ferretto, maior influenciador de matemática do Brasil, que tem um canal no Youtube com mais de 1,8 milhão de inscritos, no qual ensina os estudantes a “decifrarem” a temida disciplina de uma forma didática, leve e divertida.

“O Enem e os vestibulares atualmente estão cada vez mais concorridos, e muitos alunos necessitam de uma ajuda complementar, mesmo tendo se dedicado durante os anos do Ensino Médio. Além disso, a praticidade e a flexibilidade nos dias de hoje se tornaram a prioridade para muitas pessoas, e o ensino online consegue juntar a educação com o conforto de poder estudar sem sair de casa”, completa o especialista.

Confira vantagens dos estudos pré-vestibular online

Além da praticidade, o método de ensino à distância surge como uma maneira de atender à parcela da população que não tem acesso aos cursinhos pré-vestibulares presenciais. Os alunos que investem nas aulas pela internet para revisar o conteúdo para as provas recebem dicas direcionadas especificamente para esse tipo de prova. “Quem me acompanhar pelo YouTube terá acesso a muitas aulas, em que será possível fazer uma complementação do que aprende em sala de aula ou, também, aprofundar todo esse aprendizado”, comenta Ferretto.

A economia também é um fator que tem feito muitos jovens migrarem para esse tipo de aprendizado, pois é possível economizar na mensalidade de um cursinho tradicional, além do transporte e da alimentação. “Na hora da revisão, é só procurar um lugar tranquilo e confortável, em qualquer momento do dia, e seguir o planejamento das aulas online”, ensina.

O especialista ainda alerta que, além das disciplinas básicas exigidas – como matemática e português, por exemplo, muitos vestibulares, principalmente os de cursos específicos, exigem também leituras de livros e até filmes, que não são abordados nos cursinhos. “Para os alunos que estudam online, como eles mesmos criam a sua rotina de estudos, poderão ter mais tempo para essas atividades complementares, já que não vão ter que gastar tempo se deslocando até o local do curso presencial”, avalia.

Ferretto salienta que o público que acompanha suas aulas não é composto apenas de jovens, apesar de serem a maioria. Há quem saiu da escola há um bom tempo mas deseja estudar para um vestibular, mesmo com uma idade mais avançada. Outros alunos buscam se preparar para concursos públicos e, na maioria das vezes, não querem investir em cursos presenciais, por isso acabam migrando também para a modalidade online.

“Como podemos perceber, são inúmeras as vantagens desse modelo de estudo, e podemos entender por que há tantos olhos voltados para o online no Brasil. Essa é uma tendência no país e também mundial que, em médio prazo, ganhará cada vez mais força”, finaliza.

Sobre o Professor Ferretto: é o maior influenciador de matemática do Brasil, com mais de 1,8 milhão de inscritos no Youtube. O canal proporciona a milhares de estudantes a oportunidade de aprender e se desenvolver na matemática, desde o nível básico até a matemática do ensino superior. O acesso aos conteúdos do canal é gratuito, e também há cursos que podem ser adquiridos no site. Em seu blog, o professor também dá dicas para entender a matemática de forma prática e sem complicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *