DIALÉTICA reúne no studio OM.art obras de 15 dos maiores artistas brasileiros, como Lygia Clark, Antonio Dias, Ernesto Neto, Waltércio Caldas e Janaina Tschape até 25 de novembro

Com um recorte plural da arte contemporânea, exposição apresenta até 25 de novembro um panorama da produção brasileira, com peças do acervo da BGA – Brazil Golden Art

A exposição DIALÉTICA – que está aberta no studio OM.art até o dia 25 de novembro – apresenta obras de 15 dos maiores artistas brasileiros, que fazem parte da BGA – Brazil Golden Art, uma das mais completas coleções de arte contemporânea do país. Com curadoria de Heitor Reis, a exibição reúne trabalhos de Antonio Dias, Amílcar de Castro, Antonio Manuel, Artur Lescher, Almandrade, Barrão, Emmanuel Nassar, Ernesto Neto, Henrique Oliveira, Janaina Tschape, Lygia Clark, Lucia Laguna, Nuno Ramos, Oskar Metsavaht e Waltércio Caldas. O studio OM.art está localizado no cluster de arte do Jockey Club do Rio, no Jardim Botânico.

Segundo Heitor Reis, DIALÉTICA mostra um panorama  da produção brasileira, com a exuberância e a pluralidade extraordinárias que representam nossa complexidade cultural, social e política.

“A complexidade que se reflete principalmente na estética das obras é a base da arte contemporânea e perpassa os tempos. Esse recorte revela a poética e o lirismo presentes em todas as composições, desde os concretos até os contemporâneos atuais, além de uma forte influência barroca, ainda que esteja muitas vezes apenas no inconsciente dos artistas”, diz Reis.

Link para baixar fotos das obras expostas:

https://we.tl/t-62RRI5bTOZ

DESCRIÇÃO DAS OBRAS:

Antonio Dias

Sem Título

180 x 300 cm

2010

acrílica, óxido de ferro, folha de ouro e cobre sobre tela

Antonio Dias

Manivelas

90 x 120 cm

2010

acrílica sobre tela

Amílcar de Castro

Escultura de Corte

47 x 96 x 46,5 cm

1990

madeira

Antonio Manuel

Sinais dos tempos

110 x 160 cm

2010

acrílica sobre tela

Artur Lescher

Sem Título

300 x 38 x 5 cm

2010

madeira e latão

Almandrade

Sem Título

90 x 130 x 50 cm

2011

MDF e fórmica

Barrão

Três Mares na Cabeça

81 x 81 x 49 cm

2010

cerâmica e durepox

Emmanuel Nassar

Traplines

55 x 70 cm

2009

pintura sobre madeira e vergalhões de ferro

Emmanuel Nassar 

Missão Espacial

220 x 130 cm

2009

pintura sobre chapa de metal

Ernesto Neto

Sem Título

25 x 70 x 40 cm

2010

crochê, bola de sodalita e bola de dolomita

Henrique Oliveira

Máscara

180 x 230 cm

2012

acrílica sobre tela

Henrique Oliveira

Sem Título

220 x 181 cm

2010

acrílica sobre tela

Janaina Tschape 

Dots in the sky

226,7 x 299,7 cm

2012

óleo sobre tela

Janaina Tschape 

Wilt

280 x 600 cm

2009

óleo sobre tela

Lygia Clark

Caranguejo

Dimensões variáveis

1969

alumínio

Lucia Laguna

Estudion. 38

160 x 160 cm

2011

óleo e acrílica sobre tela

Nuno Ramos 

Lâmina Cópula 3

150 x 259 cm

2012

mármore e vidro soprado

Oskar Metsavaht

Photo Synthesis

90 x 40 cm

2014

acrílico

Waltércio Caldas

Fuga

112 x 76 x 94 cm

2009

aço inoxidável, granito polido e lã

Waltércio Caldas

Simbiótico

220 x 130 cm

2010

aço inoxidável, granito polido e lã

SERVIÇO

DIALÉTICA

Curadoria: Heitor Reis

Local: studio OM.art (Rua Jardim Botânico 997, Jockey Club – Jardim Botânico – Rio de Janeiro)

Visitação: Até 25 de novembro

Horário: quarta a sábado das 11h às 20h. Domingos das 12h às 18h

Entrada Franca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *