DIA MUNDIAL DE COMBATE A LER/DORT

Em 28 de fevereiro, data escolhida para celebrar a luta contra esses distúrbios visa conscientizar a população!

 As LER/DORT são consideradas um dos principais problemas de saúde pública sendo responsáveis por aproximadamente 90% dos afastamentos no trabalho. No último levantamento feito pelo INSS, foram mais de 22 mil trabalhadores.

Profissões que exigem um esforço maior do corpo ou que são executadas com movimentos repetitivos e realizadas muitas vezes na mesma posição (em pé, ou sentado), são as principais responsáveis por causar danos permanentes ou irreversíveis para a saúde da coluna, quadril e joelhos e comprometer um envelhecimento saudável.

Diante disso, entra em cena a fisioterapeuta Raquel Silvério, ressaltando a importância de exercícios de pausa compensatória, ajustes ergonômicos, correções posturais e orientações sobre o manejo de peso. Com foco na saúde, a fisioterapia preventiva busca ampliar a conscientização dos trabalhadores para que haja uma diminuição das doenças ocupacionais, gerando melhor desempenho e aumento da qualidade em seus serviços.

Desta maneira, a profissional pode abordar assuntos relacionados a prevenção, dicas para se atentar a postura, alongamentos, cuidados com a coluna, quadril e joelhos, entre outros. Ainda na mesma temática, podemos apresentar soluções através de tratamentos, fortalecimento muscular e articular, reeducação postural, reabilitação, terapias anti-inflamatórias e analgésicas, eletroterapia, entre vários outros procedimentos que podem proporcionar uma vida normal, e amenizar os danos e dores em pacientes já diagnosticados com LER/ DORT, melhorando a qualidade de vida.

Sobre a Raquel Silvério:

Fisioterapeuta e Diretora Clínica do Instituto Trata, a profissional possui especialização em fisioterapia músculo esquelética pela Santa Casa de São Paulo, além de formação em terapia manual ortopédica nos conceitos Maitland e Mulligan e forte experiência em tratamentos da coluna vertebral.

Sobre Instituto Trata:

Focado em tratamentos específicos para doenças que atingem os membros inferiores, o Trata surge com o intuito de levar a população toda a experiência adquirida em mais de 15 anos de pesquisas e publicações científicas. Os atendimentos são realizados após avaliação minuciosa do paciente e do seu histórico. Há um protocolo exclusivo de atendimento e a tecnologia é utilizada para ajudar no diagnóstico referente a qualquer alteração de força ou de funcionalidade nos membros inferiores, como quadril e joelho. Os tratamentos são diferenciados e ofertados todas as pessoas, desde os mais sedentários (para correção de lesões por sobrecarga, traumáticas ou tendinopatias), atletas de alto rendimento que buscam melhores formas de correção biomecânica, facilitando ajustes e melhorando o desempenho nas atividades; até idosos com quadros degenerativos – com artrose no joelho ou quadril – mas que preferem um tratamento conservador ao invés de uma cirurgia.  www.institutotrata.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *