Ceará vai receber R$ 1 bilhão e obras da Linha Leste do Metrô de Fortaleza serão retomadas

Com as obras paradas há quase 5 anos, finalmente a Linha Leste do Metrô de Fortaleza vai ser concluída. Uma das metas (inauguração da linha) da administração do Governador Camilo Santana para melhorar a qualidade de vida dos cearenses da capital – Fortaleza – anunciadas ainda em campanha, em 2014, será mesmo realidade. Esse projeto foi iniciado no Governo Cid Gomes, como uma das maiores obras governamentais do Estado, com a garantia da então Presidenta Dilma.

 

No entanto, devido às dificuldades políticas e econômicas que o País passou a enfrentar nos anos seguintes, esse sonho fortalezense já estava esquecido. O Ceará é, hoje, o Estado brasileiro que mais tem referência administrativa na continuidade de obras e/ou políticas públicas essenciais para a população passando de Governo a Governo. Grandes projetos de logística/transporte, saneamento, recursos hídricos, educação e a saúde, por exemplo, vêm tendo continuidade nas administrações seguintes, garantindo o desenvolvimento do Ceará e a melhoria da qualidade de vida, gerando mais emprego e renda.

 

Palavra é Palavra

Camilo, ainda em campanha para a sua primeira gestão, assegurou aos cearenses a continuidade dos projetos que vinham destacando o Ceará nas áreas da Educação, Saúde, Transportes, geração de renda, abastecimento de água, inclusive no interior, entre outros, que tiveram grande impulso no Governo Cid Gomes. E a linha Leste do Metrô de Fortaleza é uma das mais importantes, pois será a maior obra do Estado no setor de transporte urbano de Fortaleza. A conclusão desse projeto é decisiva para a melhoria da qualidade de vida do fortalezense.

 

Neste mês de agosto, o Governo Federal autorizou a contratação de um financiamento na ordem de R$ 1 bilhão para a conclusão da linha, ligando – fase completa – o Centro da capital cearense aos bairros Aldeota, Papicu e Edson Queiroz. O empréstimo será feito pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Contando com o esforço do presidente do Senado, Senador Eunício. Conforme Camilo, o novo recurso deverá garantir que as obras do trecho sejam retomadas “em breve”. Esse aposte será para a primeira etapa: Centro Fortaleza ao bairro Papicu.

 

Apoio político

 

Esses recursos do BNDES se somam aos R$ 673 milhões já liberados pelo Ministério da Integração Nacional, via Caixa Econômica. O senador Eunício Oliveira destacou a alegria de participar desse momento, após todo o esforço para que o projeto do Metrofor fosse contemplado. Ele parabenizou o Governador por ter deixado o Estado apto a receber os investimentos federais.

 

A Linha Leste, quando concluída, atenderá à principal região financeira e comercial de Fortaleza. Será uma linha metroviária subterrânea para transporte de passageiros, contando com 12,4 km de via dupla (11,1 km subterrâneos, 0,5 km de trecho em transição e 0,8 km em superfície), 13 estações (12 subterrâneas e uma em superfície) e demanda prevista de 400 mil passageiros por dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial