ALTA DO DÓLAR E QUEDA DE BOLSA – O QUE OS ESPECIALISTAS TÊM A DIZER SOBRE ISSO?

3 especialistas do mercado financeiro comentam os motivos que levaram a alta da moeda americana e a queda da Bolsa de Valores

Após o feriado, com os mercados abrindo mais tarde, por volta de 13h, odólar teve uma alta de 1,4%, fechando em R$ 3,83, a maior alta do ano, e a bolsa após vários recordes, fechou em seu menor nível desde 15 de janeiro, com 94.216,87 pontos, essas reações tem relação com a espera por alguma notícia sobre a Reforma da Previdência, que antes do feriado o Presidente Jair Bolsonaro (PSL) falou sobre a possibilidade de rever alguns pontos, como a idade mínima para as mulheres, deixando o mercado preocupado com a economia que estava prevista pela equipe econômica de R$ 1 trilhão em 10 anos. Especialistas do mercado financeiro, comentam sobre essas reações:

“O mercado trabalha com confiança, e sem nenhuma notícia sobre como ficará a proposta final da Reforma da previdência, o esperado é que não haja mudanças nos mercados, essa alta do dólar irá continuar, até que a proposta seja definida e enviada para votação, deixando assim o investidor mais tranquilo. O que também dependerá da força da Reforma, uma Reforma mais branda não trará confiança para os mercados”, explica Fernando Bergallo, Diretor de Câmbio da FB Capital.

“O problema do mercado doméstico está associado à agenda da Reforma da Previdência, que não é simples de ser formulada. O ritmo de organização da discussão no congresso ainda está lento e deve continuar a gerar preocupações. Então o mercado pode retomar seu ritmo de alta quando a agenda do congresso for acertada”, conta Pedro Paulo Silveira, Economista-Chefe da Nova Futura Investimentos.

“Com o feriado aqui no Brasil, deixando os mercados fechados e o noticiário esvaziado, a espera do investidor pela proposta da Reforma, fez com que a Bolsa sofresse uma leve queda, em decorrência das mudanças comerciais e a espera pelo desenrolar das negociações entre Estados Unidos e China teve um forte impacto no dólar, gerando essa alta, as mudanças devem ocorrer na próxima semana onde é esperado que ocorram movimentações sobre a Reforma da Previdência”, finaliza Daniela Casabona, Sócia-Diretora da FB Wealth.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *