AECIPP e Corpo de Bombeiros lançam Plano de Auxílio Mútuo (PAM) do Complexo do Pecém

A Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP) e o Corpo de Bombeiros Militar do Ceará lançam nesta sexta-feira (15), às 9 horas, o Plano de Auxílio Mútuo (PAM) do Complexo Industrial e Portuário do Pecém. O evento será realizado no auditório do IFCE Campus do Pecém (Rodovia CE 155 – KM 04).

O Plano de Auxílio Mútuo (PAM) é uma iniciativa que visa atuar de forma permanente com planejamento, conscientização e treinamento nas empresas com o objetivo de diminuir o tempo de resposta e minimizar as perdas e danos em qualquer tipo de emergência dentro do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). “Dentre as diversas atividades a serem desenvolvidos pelo PAM está a realização de simulações tanto de ocorrências quanto de combate a incêndio, de resgate e evacuação das pessoas. Essa é uma forma de garantirmos a segurança dos trabalhadores daquela região, além de assegurar o patrimônio investido pelas empresas. O Corpo de Bombeiros irá atuar como órgão catalisador em uma possível emergência que possa vir a acontecer”, explica o Cel. BM Holanda, do Corpo de Bombeiros.

O CIPP é o segundo local do Ceará a dispor de um PAM – o primeiro foi o Porto do Mucuripe. O plano é uma ação sem fins lucrativos, que visa prestar auxílio mútuo entre as empresas, municípios, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil da região, por meio de suprimentos e manutenções diversas, bem como apoiar as atividades do Corpo de Bombeiros em casos de acidentes ou tragédias.

Responsável por mais de 50 mil empregos diretos e indiretos, o CIPP possui cerca de 40 empresas atuando dentro da sua estrutura. São empreendimentos que abrangem as mais diversas áreas de produção industrial e de serviços.

“Um Plano de Auxílio Mútuo (PAM) bem organizado e estruturado provoca uma integração de esforços e, por conseguinte, reduz perdas para todos. O fato de ter maior disponibilidade de recursos e informações permite que a emergência seja controlada mais rapidamente, diminuindo, assim, os impactos para a própria empresa, para o polo no qual ela está inserida, para as comunidades no entorno e para o meio ambiente”, esclarece o diretor-executivo da AECIPP, Ricardo Sabadia.

Ações do PAM:

* Desenvolver e facilitar o entrosamento das empresas com as comunidades e órgãos públicos, para que quando da ocorrência de acidentes e desastres, haja a minimização dos impactos à saúde, segurança e meio ambiente;

* Interagir e atuarem em conjunto em acidentes e desastres de proporções variadas;

* Cooperar com as demais empresas no atendimento à emergência;

* Promover simulados de emergência nas empresas;

* Promover treinamentos de combate a incêndio, proteção respiratória e primeiros socorros, resgate de vítimas;

* Disponibilizar equipamentos;

* Promover a integração dos municípios e das comunidades próximas às empresas;

* Promover a integração entre os representantes das empresas junto ao PAM e ao Corpo de Bombeiros, objetivando o desenvolvimento técnico, troca de informações e conhecimento integrado dos riscos potenciais de cada empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial